top of page

O terceiro olho - Porta para o subconsciente



"Nosso terceiro olho nos permite ver a energia se estivermos abertos para ela. Para a maioria das pessoas, este é um conceito estranho, mas assim que deixar de lado seus preconceitos e limitações autoimpostas, você se abrirá para esse talento." - Christopher Penczak, Spirit Allies.

Abraçar seu poder e seu caminho como um ser psíquico pode ser a experiência mais gratificante que uma Bruxa (ou Bruxo) pode ter em sua vida. Quando finalmente suspendemos nossa descrença por tempo suficiente para segurar a simples verdade de que ser Bruxa é ser psíquica, coisas incríveis começam a acontecer. Ao longo dos pontos mais sombrios da história, o uso de dons como mediunidade, profecia, leitura de aura e até sonhos vívidos, provavelmente levaria muitos a acreditar que aquilo era Bruxaria ...

Ser vidente não é tão glamouroso quanto somos levados a acreditar assistindo a televisão ou lendo blogs. Simplesmente ter o dom não significa que você possa fazer tudo de útil com ele. Saber onde começar o processo de desenvolver esse dom em algo significativo pode ser uma tarefa assustadora - tão assustadora que muitos nunca arranham a superfície do que são capazes de se tornar. Como muitos outros, descobri-me explorando a Bruxaria e o ocultismo como um meio de compreender meus dons naturais, mas não havia muita informação para encontrar.

As Bruxas sempre foram descritas como, e se espera que sejam, essas figuras místicas com habilidade psíquica misteriosa (...) Eu descobri que só porque se esperava que as Bruxas fossem psíquicas, isso não significa que elas eram naturalmente dotadas com este dom. Além do mais, ensinar alguém de como usar suas habilidades naturais, quando presentes, era uma tarefa difícil, na melhor das hipóteses. A maioria das pessoas que tinham um nível de compreensão mais profundo muitas vezes não se identificavam como Bruxas e faziam tudo o que podiam para se separar do rótulo. Assim que o paganismo e o ocultismo começaram a ressurgir na cena espiritual, houve uma grande importação de idéias, filosofias e práticas de grupos e culturas que já haviam abraçado o psíquico, trilhando um longo caminho para nos ajudar a reunir práticas que poderiam ser aplicadas ao nosso trabalho na Arte, mas que ainda permanecia algo separado dela. E se você quisesse olhar para fora da Arte para obter ajuda.


Fonte: Bruxa Psíquica - Mat Auryn


bottom of page